Avalie o site

Motorista preso após acidente na Imigrantes dirigia a 180 km/h diz delegado

News3

O motorista da Mercedes-Benz que bateu em outro carro na Rodovia dos Imigrantes -- e acabou matando duas mulheres, ferindo os maridos delas e as quatro crianças -- dirigia o carro a, pelo menos, 180 km/h, segundo o delegado Rui Diogo da Silva que investiga o caso. A polícia ainda procura outro motorista suspeito de disputar o racha na terça-feira (9) à noite.

Em depoimento à polícia, o empresário André Micheletti afirmou que estava na velocidade limite da via, de 120 km/h, e que foi fechado pelo Ecosport, onde estavam as vítimas. A Justiça decretou a prisão preventiva de Micheletti e ele foi levado para o CDP de São Bernardo do Campo. Tanto ele quanto o motorista da Ecosport, André Gonçalves, estavam com a carteira de habilitação cassada.

Os carros envolvidos no acidente, que estavam em São Bernardo do Campo, foram levados para perícia em São Paulo, onde serão submetidos a uma perícia técnica. A polícia também espera receber imagens das câmeras da concessionária Ecovias, que administra a Rodovia dos Imigrantes, que possam ajudar a esclarecer a dinâmica do acidente.

Para a polícia, não há dúvidas que antes de bater no Ecosport, onde estavam oito pessoas que voltavam do litoral, Micheletti apostava corrida com outro caro.

Segundo testemunhas, o motorista da Mercedes-Benz estaria disputando um racha com um Chevrolet Camaro. Segundo a polícia, o Camaro está em nome de uma empresa de Caieiras que pertence ao filho de um policial civil.

O acidente aconteceu no km 29 da Rodovia dos Imigrantes, onde a velocidade máxima é de 120 km/h. No carro atingido estavam quatro adultos e quatro crianças entre um e cinco anos. As mães das crianças, Juliana Gamarra e Vitória Alves Furnaleto morreram.

André Gonçalves, motorista do Ecosport, foi transferido para um hospital particular. Os médicos esperam a coluna desinchar para avaliar as consequências do acidente.

Os três filhos dele também continuam internados. Wesley Bispo, marido de Vitória, teve ferimentos leves. Enzo, de um ano, filho de Wesley Bispo, melhorou e deve receber alta.

Compartilhe:

Deixe seu comentário